Postado por O Globo - 1 de novembro de 2015 06:05 | Atualizado há 5 anos

Eduardo Baptista deixa a calculadora de lado e só pensa nas vitórias

Técnico do Fluminense elogia disposição do tima na vitória contra o Vasco

diario da manha

A vitória do Fluminense sobre o Vasco trouxe um sopro de esperança nas Laranjeiras quanto à classificação para a Libertadores. Embora, as chances sejam pequenas, o técnico tricolor, Eduardo Baptista, quer que o clube lute para fazer o maior número de pontos possíveis a partir de agora.

– Não digo que a vitória traz tranquilidade. Ainda temos 15 pontos a serem disputados e, independentemente de percentual, de G-5, G-6, temos que fazer o maior número possível de pontos e ver o que acontece. Tivemos um resultado bom e temos que curtir. Terça já é trabalho de novo, temos a Chapecoense pela frente – comentou o treinador, se referindo ao próximo confronto do time, diante do time catarinense, sábado, às 21h, no Maracanã.

Para a partida, ainda não há um prognóstico sobre a volta de Fred. O principal ídolo tricolor não teve condições de entrar em campo contra o Vasco.

– Sobre o Fred, o joelho dele ainda incomoda. Precisamos de uma posição do departamento médico ainda. Vamos aguardar – completou Baptista.

O treinador também elogiou a disposição da equipe. Na quarta-feira, o Fluminense passou pelo desgastante jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil, quando foi eliminado nos pênaltis pelo Palmeiras.

– O time marcou, mas o mérito maior foi ter jogado, não demos chutão para frente. Tínhamos que ajustar. Rodamos de um lado para o outro, com personalidade. Futebol tem que ser assim. Era preciso organizar o sistema defensivo, e nós conseguimos. O forte hoje foi a coragem. Tivemos um jogo duríssimo no meio de semana, e o Vasco só descansou, mas nós suportamos bem – avaliou.

Há dez jogos sem ganhar do Vasco, o Fluminense aproveitou para provocar o rival via twitter oficial: postou a foto de um charuto apagado, em alusão ao conhecido hábito do presidente Eurico Mirando de fumar, com a legenda “O charuto apagou. Ponto. #EuEscolhiApagar”.

Comentários